Vida Colorida Oculta

Fonte: Helio Begliomini

Ajudei a parir inocentes conceptos e trateiHelio Begliomini 505e9

Candidamente de indesejáveis bandidos.

Atendi seres humanos, acidentados,

esfaqueados, baleados, drogados

e estuprados...

Toquei em corpos ensanguentados

e perfumados...

Incólumes e desarticulados...

Atraentes e repugnantes...

Hígidos e alquebrados...

Sensatos e alienados...

Formados e deformados...

Contatei e avaliei incontáveis pessoas.

Senti nas mãos o calor de entranhas

e retirei diversas vísceras desvitalizadas,

estragadas ou tomadas por diferentes enfermidades.

Encontrei-me com a vida colorida

e deslumbrante no interior dos órgãos

E sistemas orgânicos...”

Helio Begliomini

 

(Frances de Azevedo, Cadeira 39 da Academia Cristã de Letras, ao ler o livro de memórias: Rugas Editora Expressão e Arte – 2017. Páginas 165/166 - do seu Confrade Helio Begliomini (Cadeira 10 da ACL) – Médico Urologista -, se deparou com essas palavras, nas quais, como poeta, vislumbrou um belo poema, para o qual, segundo suas próprias palavras, ousou nominá-lo: Vida Colorida Oculta).