Águas

Fonte: Débora Novaes de Castro

ÁGUAS

Poesia de 22.10.2007, de Débora Novaes de Castro, extraído do seu livro: Mares Afora... Poemas – Trovas – Haicais, de 2010, Editora Vip; pág. 50:

 

Antes, um veio,debora novaes

fiozinho atrevido

sonhando arrebóis

entre verdes risonhos,

pássaros amantes,

promessas de sol

nas névoas batismal.

 

Antes, um veio,

fiozinho-esperança

feito em ribeiro

A correr, pressuroso,

Sobre pedras amigas

aos franjais perfumados,

compondo a paisagem.

 

Antes, ribeiro,

já agora, um rio

solidário e festeiro,

prateando entre grotas,

jorrando em cascatas,

serpenteando vales,

rumando pro mar...

 

Débora Novaes de Castro, Membro Remido da Academia Cristã de Letras, ocupou a Cadeira 24. É graduada em Letras (Habilitação em Português/Literatura Brasileira/Inglês). Pedagogia. Professora- Mestre, escritora, artista plástica, poeta, trovadora, haicaista, Publicou inúmeras obras. Pertence a várias entidades culturais. Distinções: Comendas. Títulos de personalidade cultural. Troféus e Medalhas (nacionais e internacionais).

(Postado pela Acadêmica Frances de Azevedo. Cadeira 39 da AC).


Poesias relacionadas