SONETOS ALÉM DO TEMPO - 2018 - XXXV - O VERDADEIRO AMOR

Fonte: Ives Gandra da Silva Martins

Para Ruth

O símbolo do amor é no perdão,
Que desvenda o caminho da verdade,
Querer a quem se quer e dizer não
Aquilo a que seu bem, bem desagrade.

Ao verdadeiro amor é curta a vida,
Por mais que os anos passem a seu lado,
Se perto ou se distante da partida,
Igual o dedicar-se ao ser amado.

Contradições e lutas há de haver,
Mas n’alma apaixonada muita paz
Impõe-se como um límpido dever
Que a circunda na frente e por detrás,

Assim, seja na dor ou na alegria,
É sempre descoberta, dia a dia.

SP 18/11/2018.