Parlare!

Fonte: Lázaro Piunti

Gente boa gira o mundo/E o mundano só reclamalazaro e neto 1726d

Se o lago não é profundo/Peixe se esconde na lama

 

Papagaio come milho/Periquito leva a fama

Música sem estribilho/É dormir fora da cama.

 

Eu não canto digo logo/Minha voz logo inflama

Toda mágoa logo afogo/No amor feito de chama.

 

Já me cansei eu confesso/De tramoia e de trama

O passado é sem regresso/Não cultive antigo drama.

 

Quem brada pela justiça/Todo bem ele proclama

Vegeta o mal da cobiça/No pasto de pouca grama.

 

Quem vende gato por lebre/Um dia o negócio descamba

Se o médico não cura a febre/A língua do povo difama.

 

O boi berra! O burro urra/A pulga pesa um grama

Valor guardado na burra/É do tempo do disgrama!

 

Se os versos não têm graça/O descarte é na caçamba.

Vou brincar em outra praça/Meu netinho me chama.

 

Lázaro Piunti - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. - 12-03-2021