O Carnaval começa...

Fonte: Carolina Ramos

Rompem-se os diques da alma. Nas retinas,Carolina 12 12 2017 400 a9b82

confundem-se as visões do Bem e o Mal.

Momo sacode os guizos! Nas esquinas,

e nos salões, estronda a bacanal!

 

No entanto, há mais Pierrôs e Colombinas,

Palhaços e Arlequins, na vida real,

que os que atiram confetes, serpentinas,

alegria a fingir no Carnaval!

 

Cinzas! Máscaras rolam. Mas só a morte,

a derradeira máscara, é quem tira.

Momo sorri – talvez da própria sorte...

 

O amargor, numa dúvida, se expressa:

-  O Carnaval findou?! – Mordaz mentira!

- A vida marcha: -  E o Carnaval começa!