Carnaval diferente...

Carolina Ramos, Cadeira 22, minha Confreira na Academia Cristã de Letras, cujo patrono é Santo Agostinho, publicou esta semana seu magnífico e apropriado soneto: O Carnaval Começa..., cujos dois últimos tercetos, chamaram minha atenção:

Cinzas! Máscaras rolaram. Mas só a morte,Frances de Azevedo 2 56cce
A derradeira máscara, é quem tira.
Momo sorri – talvez da própria sorte...

O amargor, numa dúvida se expressa.
-O Carnaval findou?! – Mordaz mentira!
- A vida marcha – E o Carnaval começa! ...

Hoje, 14 de Fevereiro de 2021, é Domingo de Carnaval!

Carnaval?! Como?!

Onde a folia, o sorriso, a magia, o rufar dos tambores, as passistas, a bateria, as fantasias, a colorirem as ruas, as quadras das escolas de samba, os Sambódromos?!

Para onde foi o casal de mestre-sala e porta-bandeira, a comissão de frente a dar as boas vindas, da minha, da sua, da nossa, escola de samba?!

Onde os tradicionais blocos a desfilarem pelas ruas da cidade?! Onde os bonecos gigantes de Olinda – os famosos mamulengos -?! O frevo?!

Mudei de país ou o meu país entrou em greve?!

Greve de Carnaval?!

Impossível! Não dá para acreditar! ...

Sim, um silêncio estranho, por incrível que pareça tomou conta dos espaços dantes prenhes de alegria, irreverências de quem espera o ano todo para extravasar suas angústias, relaxar, descontrair...

Nos barracões, a um canto, repousam somente os adereços, os carros alegóricos – fantasmagóricos -, do último Carnaval. São espectros esperando para serem despertados...

Não, não pode ser verdade! Não posso acreditar! ...

Socorro! Arlequim e Pierrô, por favor, me ajudem! Necessito de uma resposta!

Será que a Poeta Carolina tem razão ao perguntar: O Carnaval findou?!

Não! Pois, ela afirma: A vida marcha – E o Carnaval começa!

É verdade... Agora me recordo... Estamos passando pela Pandemia do Coronavírus... E só falta um pouquinho para completar UM ANO!

Sim, temos Carnaval:

Carnaval da Esperança, finalmente!

É TEMPO DE VACINA!

 

Frances de Azevedo - Cadeira 39 da ACL