Relíquias

Fonte: Márcia Etelli Coelho

Poema  inspirado na obra de Machado de Assis - (patrono da cadeira nº 1 da ACL)

A velha casa escondia relíquias.marcia ettelli coelho 1a 7ee75

Reflexões serenas de um alienista.

Diálogos refletidos em papéis avulsos.

Memórias póstumas revelando o futuro.

Pelo espelho do quarto se podia ver

mãos calçando luvas,

braços vestindo aventais,

deuses experimentando casacos,

olhos sorrindo para a vida

e o brilho do mais puro amor

de muitas almas agradecidas.

Uma arca de bronze abrigava segredos de cartomante.

Histórias recolhidas no badalar da meia noite...

Histórias de encontros sem data,

de iaiás, esquinas e revoltas,

dos desencantos por trás do muro

e das mentiras pedindo perdão.

Crisálidas preparando falenas,

capturando esperanças helênicas.

Ressurreição...

No caminho para a porta

um poeta que por anos ali residia,

contemplava o redor, na despedida.

E ele partiu...

Levando indelével saudade,

deixando, na velha casa, relíquias,

e algumas páginas esquecidas,

debaixo do antigo sofá.