Convite: 25/3/2021 Raquel Naveira participa de Clube de Leitura da Academia Paulista de Letras

Fonte: assessoria de comunicação ACL

Convido-o(a) a participar nesta, quinta-feira, dia 25 de março, 19h  do Clube de Leitura da Academia Paulista de Letras, quando será debatido o nosso livro "Leque Aberto" (Editora Penalux)Estarei presente, em sala Zoom.

Raquel Naveira homenagem d9994

Clube de Leitura da Academia Paulista de Letras - Mediador: Mafra Carbonieri

Livro Leque Aberto de Raquel Naveira – com a presença da autora - https://www.editorapenalux.com.br/loja/leque-aberto

 70º Encontro | VIRTUAL

Link do encontro Zoom

https://zoom.us/j/92877412357

SINOPSE: “Encontrei entre os guardados de minha mãe, um leque. Um leque vermelho como uma aurora boreal. A renda toda revestida de lantejoulas rubras. Abri as hastes brancas de madrepérola e ele fez um estranho som.” Assim começa a crônica título desta coletânea (Leque aberto); assim a autora nos convida a um excitante jogo de sedução: eis que somos acariciados pela brisa poética das crônicas intimistas desta rica antologia de Raquel Naveira. Diante da “Penteadeira”, ela “observa o espelho numinoso com o terror que inspira o autoconhecimento”, porque lá está sua própria origem (a imagem de sua mãe), porque lá está a sua imagem (a que seria hoje a imagem de sua mãe). Reminiscências, lembranças, objetos semióticos – como um espelho, um leque – vão constituindo um inventário simbólico latejante, repleto de fatos reais envoltos na bruma difusa de uma memória afetiva e poética.  A própria penteadeira, mensageira fiel dos detalhes do passado, autoriza-se a retribuir, na face da autora, a recuperação de suas formas: “Restaurou a antiga penteadeira. Dentro do espelho, um espírito em forma de máscara, rodeado por fumaça e fogo, continua falando a verdade.” [Profa. Rita Pacheco Limberti]