Algumas Trovas

Frances de Azevedo

 

Enquanto existir a chama,

Que dentro do meu peito arde,

Serei o balão que inflama

De amor que minha alma invade!

                

Choveu hoje lá na serra,

Limpou toda a natureza,

Retirou toda impureza,

Trouxe vida nova a terra!