Quisera fosse eu...

Fonte: Reinaldo Bressani

Quisera que fosse vivo
- Ardente fogo... lascivo –Reinaldo Bressani
O sonho em que devaneias...
A suspirar por quem anseias.

Quisera fosse eu a centelha
A te fazer revoar qual uma abelha
Sonhando a flor que tem o mel.
Quisera fosse eu o teu cantor... teu menestrel.

Quisera, no aconchego dos teus braços,
Levar-te vida em meus abraços.
E, entre sussurros suaves... indolentes,
Sentir os teus lábios envolventes.

Vê! que agora o sonho é meu.
Sonho que busca o paraíso teu...
Tão bela, formosa, a me chamar:
Vem amor, que é a nossa hora de amar.

 

Reinaldo Bressani - Cadeira nº 15 da ACL