Ator

O ator nada mais faz do que viver uma nova realidade que na maioria das vezes não é a sua. (Helio Begliomini)

Atores e Acadêmicos: A arte dos atores faz um paralelo com o mesmo talento do acadêmico vocacionado a ser médico e que ainda não foi corrompido em seu ideal. Este também procura quase que anonimamente aprender e exercer a sua arte atravessando noites e finais de semanas, quer debruçado sobre os livros, quer na cabeceira dos pacientes. (Helio Begliomini)

Atores e Platéia: No teatro, além das entrelinhas (entrecenas) deve haver simbiose entre o palco e a platéia, entre os artistas e os espectadores. Assim, o talento do elenco deve transportar naturalmente os espectadores para a realidade que está sendo encenada, ou melhor, vivida. E a platéia não deve perder essa oportunidade. Esse é um bom parâmetro para se entreter e para se poder aquilatar o real valor do espetáculo e da sua mensagem. (Helio Begliomini)

Atores que Todos Somos: Nos multifários palcos da vida, todos somos atores que procuramos bem viver o nosso próprio papel, embora, por vezes, prodigalizamos talento e interpretamos magnificamente personagens alheios a nós próprios. (Helio Begliomini)